Minicurso “Algumas abordagens quantitativas na metodologia de pesquisa social”, Profa. Dra. Moema Guedes (PPGCS-UFRRJ)

MINICURSO “ALGUMAS ABORDAGENS QUANTITATIVAS NA METODOLOGIA DE PESQUISA SOCIAL

Neste semestre de 2021.1, o Laboratório de Metodologia do Instituto de Relações Internacionais/PUC-Rio convida discentes e docentes do Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais e professores do IRI a participarem do minicurso “Algumas abordagens quantitativas na metodologia de pesquisa social. Algumas vagas de número limitado também estão abertas para discentes e docentes de programas de pós-graduação, para além do IRI. Os minicursos são gratuitos, mas é obrigatória a inscrição pelos formulários abaixo indicados. As inscrições de candidaturas externas estão sujeitas à confirmação.

O Minicurso ”Algumas abordagens quantitativas na metodologia de pesquisa social” será ministrado pela Profª. Drª Moema Guedes, do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. O Minicurso será oferecido nos dias 26, 28 e 30 de abril, das 18h às 21h, através da plataforma Zoom. A carga horária total do curso é de 9 horas.

Mais informações abaixo.

ALGUMAS ABORDAGENS QUANTITATIVAS NA METODOLOGIA DE PESQUISA SOCIAL

Ementa: o curso pretende apresentar de forma introdutória algumas técnicas de pesquisa de cunho quantitativo utilizadas na pesquisa social. Além de contextualizar o surgimento e possíveis utilizações busca-se explorar o diálogo entre metodologia e teoria partindo dos estudos de gênero e desigualdades.

Profª. Drª. Moema Guedes

A Profª. Drª. Moema Guedes é graduada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001), mestra em Estudos Populacionais e Pesquisa Social pela Escola Nacional de Ciências Estatísticas (2004), doutora em Demografia pela Universidade Estadual de Campinas (2009) e pós-doutora em Sociologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2010). Atualmente é Professora Associada I do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), cargo que ocupa desde 2011. Desde 2014 integra também o Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais (PPGCS) da mesma universidade. Já coordenou grupos de trabalho/ simpósios temáticos nas seguintes associações científicas: ANPOCS, ABEP, ABET e Fazendo Gênero. Tem experiência na área de Sociologia e Estudos Populacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: relações de gênero, trabalho, família e metodologia de pesquisa.

Datas e horários:

26/04 – 18h às 21h: Articulações entre indicadores sociais e políticas públicas.

28/04- 18h às 21h: A contribuição de novas metodologias para a estruturação de perguntas na pesquisa: o caso dos estudos populacionais.

30/04 – 18h às 21h: Desafios e potencialidades dos surveys. Alguns outros exemplos práticos de usos de bancos de dados.

As vagas externas são limitadas e as inscrições devem ser realizadas nestes formulários:

a)   discentes e docentes IRI/PUC-Rio

b)   discentes e docentes de outros programas de pós-graduação (inscrições sujeitas à confirmação).

NOTAS

Para discentes do programa, lembramos que são válidas as mesmas regras de presença dos demais cursos do IRI.

Em caso de dúvidas, entrar em contato com o LabMet: labmetodologia.iri@gmail.com

Confiram no site do LabMet as demais atividades que serão organizadas ao longo do semestre: https://labmetodologia.com/

Agenda Laboratório de Metodologia 2021.1

O Laboratório de Metodologia (LabMet/IRI-PUC-Rio) anuncia sua agenda para o primeiro semestre de 2021.

As fichas de inscrição, as ementas e os programas completos serão disponibilizados ao longo do semestre em nosso site (labmetodologia.com), na aba “atividades”. As inscrições também serão divulgadas por e-mail e pelas redes do IRI. Lembramos que as vagas externas são limitadas e dependem de confirmação por parte da equipe do LabMet, mas as internas (para a pós do IRI) são automaticamente aceitas.

***

Em função da pandemia causada pelo coronavirus permaneceremos realizando nossas atividades remotamente através da plataforma Zoom. Neste semestre o LabMet oferecerá dois minicursos (9h totais) e uma oficina (6h totais). As temáticas oferecidas foram pensadas com vistas a priorizar metodologias que podem ser utilizadas para a condução de pesquisas em períodos de distanciamento social. Você encontra maiores informações sobre a questão no Guia de pesquisa na quarentena: Obstáculos e possibilidades para as ciências humanas e sociais em isolamento social” que elaboramos em parceria com o Laboratório de Humanidades Digitais  (dhLab/PUC-Rio).

Nos dias 26, 28 e 30 de abril, das 18h às 21h, ofereceremos o minicurso “Abordagens quantitativas na metodologia de pesquisa social” ministrado pela Dra. Moema Guedes (Departamento de Ciências Sociais e Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da UFRRJ). O minicurso curso pretende apresentar de forma introdutória algumas técnicas de pesquisa de cunho quantitativo utilizadas na pesquisa social. Além de contextualizar o surgimento e as possíveis utilizações dessas técnicas, busca-se explorar o diálogo entre metodologia e teoria partindo dos estudos de gênero e desigualdades.

Em maio, será oferecido o minicurso “Histórias de vida na contemporaneidade. Pistas para adiar o fim do mundo”, a ser ministrado pela Dra. Lúcia Ozório (Paris 8  e Paris 13 – Nord; PUC-Rio) nos dias 24, 26 e 28 de maio, das 18h às 21h. O curso trará questões sobre o como fazer para reinventar novas coordenadas de enunciação face a este i-mundo colonialista, capitalista. Para enriquecer esta problemática serão trazidas a noção de história de vida na sua dimensão político-epistemológica-decolonialista, como transição paradigmática no campo das ciências sociais. Além disso, abordará estratégias para coleta de lembranças na biografia; o momento biográfico além de outras fontes documentais para a pesquisa e, discutirá quais os limites da elaboração das histórias de vida.

Por fim, nos dias 07 e 09 de junho, o Dr. Lucas Freire (CPDOC- FGV) oferecerá a oficina “A pesquisa antropológica com documentos”. O objetivo desta oficina é apresentar aos estudantes os pressupostos da pesquisa antropológica com documentos a partir da discussão de trabalhos etnográficos que abordam o lugar central ocupado pelos documentos na constituição de determinadas situações sociais que vão desde certificar o sexo/gênero de uma pessoa a decretar um estado de calamidade pública. Destaca-se ainda que o acúmulo teórico e metodológico nesse campo nos oferece algumas dicas valiosas sobre as possibilidades e os caminhos para a investigação antropológica em tempos de isolamento social.

LANÇAMENTO LIVRO “METODOLOGIAS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS: DEBATES CONTEMPORÂNEOS. VOL. III.

Este é o terceiro livro de uma série de publicações em metodologia para as ciências sociais e as humanidades. O livro e a série surgiram como produto de algumas atividades organizadas pelo Laboratório de Metodologia (LabMet) do Instituto de Relações Internacionais (IRI) da PUC-Rio. A proposta é que cada livro reúna contribuições de diferentes áreas – relações internacionais, ciência política, política pública, sociologia, antropologia, filosofia, letras e outras – de modo a oferecer insumo para uma maior transdisciplinaridade. Sendo assim, apesar de trazer alguns exemplos práticos voltados para a política internacional, o livro dialoga com diversos campos de pesquisa.


Cada capítulo do presente livro foi escrito a partir da experiência de um dos minicursos oferecidos pelo LabMet e cada autor/a oferece uma perspectiva própria, um histórico institucional e teórico particular e uma experiência específica na metodologia abordada. Cada capítulo traz ainda dicas de como proceder para colocar cada abordagem em prática.


A realização dos cursos e a produção desse livro não seriam possíveis sem o enorme apoio oferecido pelo IRI e sem a ajuda sempre competente da equipe do LabMet. Agradecemos à professora e diretora do IRI, Marta Fernández, pelo apoio, além de às pessoas que colaboraram nesta edição – Douglas Roberto Knupp Sanque e Rodrigo Borba (UFRJ), Phoebe Kisubi Mbasalaki e Sara Matchett (Universidade da Cidade do Cabo, África do Sul), Marcelle Decothé (UFF), Maria Helena Zamora (PUC-Rio), Gabriel Fernandes Caetano (PUC-Rio) e Nycolas Candido da Silva Lau (PUC-Rio). Agradecemos ainda à CAPES, na forma do projeto PRINT 2377/2018, pelo apoio no financiamento deste volume.
Esperamos continuar contribuindo para uma reflexão cada vez mais profunda, imbricada e política do papel da metodologia na produção de um conhecimento capaz de atender melhor à complexa e desafiadora realidade em que vivemos.


Equipe do Laboratório de Metodologia em 2020:


Isabel Rocha de Siqueira, coordenadora
Ana Carolina Lacerda, assistente de pesquisa

Para acessar o e-book gratuitamente clique aqui.